{Pra Começar} Hipnotizante balé nas ruas

slide_477892_6529714_free

Meu sonho na infância era fazer balé. Sempre achei lindas aquelas roupinhas de bailarina e, confesso, nem dava muita atenção aos passos incríveis que elas faziam, só gostava da roupa mesmo. haha

Já mais adulta admito que balé não é muito o meu estilo, mas consigo ter bem claro hoje em dia que acho muito mais bonitos todos os saltos e piruetas que os bailarinos dão do que qualquer outra coisa relacionada a isso.  Pra alguém que caminha devagar e sempre nas atividades físicas, fico encantada com tamanha flexibilidade e elegância. Com certeza acho o balé clássico o tipo de dança mais bonito que há.

Mesmo sem entender nada (nem de roupa nem de coreografia), fiquei completamente hipnotizada pelas fotos de Omar Robles. O fotógrafo chegou na ilha de Cuba há pouco tempo, mas se apaixonou de cara pelos bailarinos de lá, ficou tão apaixonado que resolveu fazer um ensaio fotográfico só com eles. “Os cubanos lutam muito para permanecerem em cena. No entanto, muito parecido com os bailarinos, eles se esforçam com uma capacidade de resistência e elegância que eu nunca vi antes. É exatamente por isso que bailarinos cubanos têm sido sempre tão grandes e por tantas gerações. A resistência simplesmente reside em seu sangue”, disse ele.

A ideia foi fotografá-los nas ruas, enquanto faziam coreografias de balé clássico, assim, como se nada estivesse acontecendo ao redor. O resultado são fotos ma-ra-vi-lho-sas e pra comprovar trouxe algumas das minhas preferidas pra cá, mas têm muitas tão lindas quanto na página de Instagran de Omar.

slide_477892_6529692_free slide_477892_6529704_free slide_477892_6529708_free slide_477892_6529710_free slide_477892_6529712_free slide_477892_6529716_free slide_477892_6529724_free slide_477892_6529728_freeslide_477892_6529738_free slide_477892_6529734_free

 

Ceci.

Imagens retiradas daqui.

 

Sobre Maria Cecíllia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


Get Widget